[RPG] Alojamento

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Ai-chan em Ter Fev 24, 2015 12:44 am

Casus riu com os comentários de Lunevoir sobre as luzes. Certamente, na mesma dimensão eles não estavam, mas a albina decidiu não comentar, eles iriam notar quando saíssem dali. Porém, seu sorriso foi se desfazendo com o que a moça disse em seguida, atraindo a atenção do ruivo a quem ela estava dirigindo a palavra. Olhou dele para ela e vice-versa, a mão cobrindo a boca enquanto o garoto parecia ficar mais e mais irritado.


- Ah, bem... Alice demonstrou ser capaz de lutar e exerce bem o que lhe é pedido. Eu não vejo pro-- - antes mesmo que ela pudesse terminar de falar, Alice deu meia-volta e se aproximou de Lunevoir rapidamente.

O menor encarou-a sério, passando longos segundos apenas assim, sem se mover. Respirou fundo e, logo, pegou a gola da blusa de Lune e a puxou para baixo com força para que ficasse na altura dele.


- Quer que eu retruque então, senhorita "sou melhor que todos e faço o que bem entender sem ligar para a opinião ou a humilhação que causo para os outros"? Eu estava tentando ser racional e não partir para uma discussão mais agressiva como essa, mas como você parece ser mais lerda do que aparenta, eu vou deixar isso bem claro: não quer treinar comigo? FODA-SE! Eu estou fazendo isso como um favor, se não quer cai fora. Vai lá fora, vou adorar ver uma daquelas coisas arrancando a sua cabeça!!! - a cada palavra pronunciada por ele, sua voz ia aumentando de volume e sua ira ia às alturas. A denominação "covarde" ecoava com intensidade em sua cabeça, fazendo seu punho tremer ao mesmo tempo que cerrava mais os dentes. - COVARDE?! VOCÊ NEM ME CONHECE E JÁ QUER DIZER O QUE EU SOU, É?!??! PARE DE TRATAR OS OUTROS COMO SE FOSSEM OS SEUS BRINQUEDOS, QUE VOCÊ PODE DECIDIR O QUE VÃO FAZER OU DO QUE VÃO GOSTAR!!!! DESSE TIPO DE AMOR EU ESTOU FARTO, PREFIRO QUE VOCÊ APODREÇA POR AÍ! - berrou sem controle, prestes a socar a cara da holandesa.

Enquanto Alice apertava a gola de Lunevoir com mais força, uma forte onda de energia envolveu o corpo dele provocada pela raiva. Uma pequena parte tocou a moça e várias imagens e sons tomaram sua mente, como risos, sorrisos, olhares dos mais diversos tipos. Uma voz rouca ecoou pela cabeça de Lune, chamava o ruivo e repetia um "eu te amo" que causava calafrios. Um soco, um tapa no rosto, algo segurando seus pulsos com força. Por fim, ela pôde sentir algo envolvendo seu pescoço e a superfície da água acima de si.

- Alice. - Casus puxou o garoto para longe da garota e o acalmou, fazendo com que a energia dele sumisse. - B-bem... Como podem ver, ele é um pouco impulsivo, mas... Hm... A situação já está controlada!

Alice olhou mortalmente para a albina e depois encarou Lunevoir nada contente, saindo da sala batendo a porta. Casus deu um pulinho de susto e coçou a cabeça.

- Se... Se corrermos ainda alcançamos o Alice. - apontou para a porta e a abriu. - Por aqui, gente... E Lissandra, você pode sim ir para o Nada... Mas achei que quissesse terminar os seus experimentos.


  Panda  Panda  Panda  Panda  Panda  Panda 

Spoiler:




Muito obrigada!! Eu amo vocês. ;;
avatar
Ai-chan
Ai-chan
Ai-chan

Feminino
Mensagens : 1616
Idade : 21
Localização : Underland yeah yeah~ \o\

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Amëthysne em Ter Fev 24, 2015 4:11 pm






Monique ouviu o ruivo falar América do Sul e procurou logo um computador para achar onde era esse local. Ela ficou umas horas caçando mapas mundi e procurando pelo Brasil, enquanto parecia ignorar todo mundo (a única forma de se concentrar), mas acabou perdida em sites de alpacas e de criadores de coelhos. Ela estava tentando achar o endereço de onde estavam para que pudesse pedir um lote de mais alpacas de pelúcia, com pedido de entrega antecipada quando viu a sala escurecer e perder suas pelúcias, e depois brilhar em várias cores como se fosse algum show de luzes.

- Minhas... alpacas... - ela murmurou baixo, no momento em que a luz acabou, com uma expressão triste. - Maldade! - ela se levantou da cadeira e viu uma discussão de Alice com Lunevoir, enquanto Casus estava apressando a todos é ela brisou totalmente no computador.

Ela viu quando Syver saiu para buscar quem estava faltando e pensou em ir também, mas percebeu que não tinha ideia de quem e quantos exatamente estavam faltando e parou para contar todos que estavam ali. Logo ela constatou que tinha um monte de gente faltando e que iriam chama-los, mas o ataque de fúria de Alice a deixou em estado de choque - isso porque não foi com ela - ela ficou sem reação e foi se afastando lentamente até ir parar na cozinha. Monique parou quando esbarrou no balcão e voltou rapidamente para a porta.

A loira viu quando Casus disse que estava tudo bem e o ruivo saiu enfurecido pela porta, ela foi correndo até a albina.

- Ele é assim o tempo todo? não é nada fofo, mas as pessoas que estão no quarto vão ficar aqui, eu acho que ainda tá faltando muita gente


avatar
Amëthysne
Guardian
Guardian

Feminino
Mensagens : 530
Idade : 23
Localização : Reino dos gatos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  aika_kane em Ter Fev 24, 2015 4:34 pm


Bem, pouco depois de ouvir a chamada do Syver a pequena anã abriu a porta e deu pra ver ao fundo o computador aberto com league of legends - escrito "Vitória" e os sons bonitinhos. -Pra não cair de elo sabe...? Deu pra jogar uma partida - ela deu um sorriso empolgado.

Enquanto saia de vez, olhou pro mais alto pensativa. -Eu perdi algo importante? O mundo não acabou enquanto eu jogava né?- disse, olhando pros lados procurando algo de interessante, já que só tinha ido jogar desde que entrou no quarto a um bom tempo atrás.  


avatar
aika_kane
Guardian
Guardian

Feminino
Mensagens : 639
Idade : 19
Localização : ~

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Iuajen em Ter Fev 24, 2015 8:32 pm


Bem... Eu já esperava pela reação, mas eu pensei que ele ia gritar, esbravejar, dar pulinhos e explicar o que aconteceu na vida dele para jogar na minha cara que eu estou julgando sem conhecer, eu já havia presenciado várias histórias e não essa coisa de não existir superação, porém seu principal intuito de saber mais sobre ele não aconteceu da maneira que esperava. Fiquei extremamente WTF quando as imagens começaram a passar na minha cabeça, pelo que deu para perceber, Alice tinha uma pessoa na vida dele que era tipo a Yuno de Mirai Nikki, o amor era doentio, e ele acabou morrendo por isso, se é que pode chamar aquilo de amor, eu - só queria saber sobre você... A mania de falar o que pensa voltava atacar, mas no estado que choque que estava apenas algumas palavras saíram... Bem, eu havia feito aquilo só para descobrir sobre ele, coisa que eu jamais teria conseguido rapidamente ou até mesmo lentamente se estivesse tentando por meios normais.
Mas eu não sabia que o que eu tinha feito era exatamente o que aquela pessoa que dizia ama-lo tinha feito, e disso eu me arrependo. Não que não esteja acostumada a ser tratada dessa forma, pelo bullying e pela rejeição que as pessoas tinha com ela, mas era diferente sentir isso da pessoa que realmente gostava, mesmo que tenha encontrado a pouco tempo. E agora sabe que o garoto morreu por causa do amor doentio.
- Será que valeu a pena o teatro só para descobrir aquilo? De novo....
Então se lembrou da vez que foi para a Austria. Se estivesse em um manga ou anime, seria hora do Flashback.
História de Gabrielle:
Tinha doze anos, e uma empregada da família que eu realmente não sabia o nome estava comigo, era uma adulta chata e sempre estava lá para estragar a minha diversão, segurança, segurança, segurança e mais segurança e só pra deixar bem claro, segurança. Estava na Austria porque minha sede de conhecimento era insuperável, esperava passar a vida viajando e conhecendo o mundo inteiro e trabalhar com isso também. Mas eu não podia sair para qualquer lugar, todos os lugares eram chiques e eu não conhecia a cultura que como os empregados e meus pais diziam, pobres e pessoas com dificuldades tinham, fui alertada para não chegar perto desses lugares porque seriam perigosos, sempre colocaram na minha cabeça que pobre = perigo, mas eu era criança, minha curiosidade era gigantesca e perigos soava mais como uma aventura para mim.
Dei um jeito de fugir do hotel e assim que consegui alguns seguranças do lugar, e particulares que haviam sido pagos para me vigiar e me proteger, provavelmente pelos meus pais ou pela própria empregada, foram atrás de mim, porém também de algum jeito e agora eu fico me perguntando como uma garota de 12 anos consegue escapulir de seguranças treinados, e mais do que isso, me faz perguntar aonde eles foram treinados... Mas enfim, fugi e acabei no meio da periferia, ainda correndo uma garota que não parecia ter mais do que seus quinze anos vendo que estava correndo se dispôs a me ajudar.
- Vem cá... seja lá de quem você estiver correndo.
Ela falava em alemão, uma língua que eu não dominava direito na época. Então minha resposta foi.
- Fugir de papel xorume e garganta.
Acho que foi isso que acabei dizendo a garota acreditando que estava dizendo: "Estou fugindo de pessoas malvadas", pelo menos o fugir eu acertei, provavelmente pelos jogos de rpg que joguei em alemão. E foi o suficiente para ela reafirmar que estava fugindo, e então entrei na casa dela. Ela estava sozinha em casa, e era uma casa pequena, somente com o quarto, cozinha e sala conjugadas, um quarto a mais e um banheiro. As madeiras pareciam podres, o telhado esburacado, na sala havia um balde cheio de água, provavelmente de chuva, e haviam rasuras nas paredes. 
- Então é assim que as pessoas pobres vivem...
Falei em holandês, o que causou a garota confusão e me perguntar o que eu tinha falado. Tentei novamente falar em alemão.
- Holanda, Pipoca na manteiga e suco de manjericão.
Bem, não foi exatamente o que eu disse, mas, para efeitos de comédia... Eu não lembro do que eu havia dito, mas a única coisa certa foi dizer Holanda, porém, vendo a confusão da garota eu gestuei para mim e fiquei repetindo Holanda, e ela conseguiu entendeu que eu era Holandesa. Então ela começou a falar em inglês.
Acabamos conversando por muito tempo, sobre tudo, apesar dela saber que eu era rica e que estava viajando por ai, não me tratou diferente, começando a fazer piadas, e brincarmos e nos divertimos bastante, acabei descobrindo que o nome dela era Gabrielle e ela descobriu que o meu era Lunevoir, porém tudo isso mudou quando um barulho forte ocorreu, e rapidamente Gabrielle me escondeu numa estante que estava vazio, tipo aqueles jogos de terror aonde tem um guarda roupa ou o que seja vazio, com exato espaço de uma pessoa o suficiente para você esconder do monstro e ele não te procurar lá (Ao oni, Amnesia feels). Me escondi lá e observei a cena de mulher bêbada chegar com um homem e o mandar para o quarto, depois como todo bebado faz, começa a fazer maluquices, falar coisas estranhas, até lá, estava achando graça do acontecimento, até que...
A mulher forçou Gabrielle tirar a camisa que apresentava sinais óbvios de espancamento, cortes, concussões, arranhões e havia alguns que eram tão recentes que estavam saindo pus e outros que se não fossem os esparadrapos, estavam saindo sangue. Era uma cena de terror na minha frente. No mesmo momento eu liguei a função de rastreamento do celular, e fiquei observando a cena se desenrolar, e tirando fotos e mandando para a minha mãe e pro meu pai.

A mãe da garota começou a arranhar fortemente as costas da garota, dizendo um elogio para cada arranhado que fazia. Depois começou a beliscar toda a parte das costas, virou para frente e beliscou também toda a parte da frente, incluindo os seios da garota. Deu alguns tapas e socos na barriga e nas costas, também fazendo elogios de todos os diversos tipos, por último ela pegou o balde e jogou na garota dizendo que a amava e estava fazendo aquilo para mostrar como o mundo era difícil e foi para o quarto dela.
Apesar disso tudo, eu pude ver Gabrielle, sem gritar ou chorar em nenhum momento, e por incrível que pareça de vez em quando ela dava pequenos sorrisos. Quando sai do local, minha cara era de terror e de vergonha por ser covarde e não ter saído para ajuda-la. Se isso era ser pobre, era realmente perigoso, e por um momento, seu maior desejo foi eliminar a pobreza do mundo para que aquilo não aconteça com ninguém. E ainda teve a capacidade de falar em inglês.

- Não se preocupe, isso não é nada... Ela se vestiu, e eu percebi naquele momento que a mãe só batia em lugares que não dava para perceber se a garota estivesse vestida. - Ela nem pegou o garfo colocou no fogo e me queimou, e ela sempre pede desculpas de manhã... Então... 
- Mas... Isso é um absurdo... É... repugnante...
Eu queria chorar muito naquele momento, mas se ela não o fez, eu não me via no direito de fazer. A ideia que ela sofria isso todos os dias me abateu com força, e mesmo que ela não tenha feito nada para ajudar, agora ela iria fazer.
- Não se preocupe, eu irei ajudar você e sua mãe. E provavelmente me ajudar também.
- O que você v...
Nesse momento outro barulho grande aconteceu, e a casa foi invadida por no mínimo uns vinte seguranças. O barulho fez a mãe de Gabrielle e o cara saírem do quarto, ambos semi-nus.
Apontei para a mãe da garota.

- Você! Uma pena para você que eu vi tudo o que você fez com sua filha. Os seguranças começaram avançar em minha direção e eu levantei a camisa de Gabrielle para todos ali verem.
- Eu já mandei as imagens disso para meus pais, mas, eu quero que vocês levem essa louca para um lugar longe de Gabrielle e que ajudem nesse problema que ela tem com os melhores profissionais possíveis. Quero também que Gabrielle seja minha empregada pessoal. E então eu prometo em nome dos Vangate, que eu jamais sairei sem permissão da vista, ou desligarei a função de rastreamento, e que irei me comportar bem. Então ao invés de vocês me levarem... Celular vibrou, no mesmo momento a mensagem dos meus pais, eram que estavam em um jato direto para cá para decidirem sobre a garota e a mãe, e sobre mim, mas junto com a mensagem, eles enviaram uma mensagem de voz onde dizia que naquele momento até eles chegarem todas as ordens ditas por mim deveriam ser acatadas. 
Até mesmo eu agora, nessa idade ainda acho que foi uma demonstração intensa de confiança em mim, mas ao mesmo tempo irresponsável, não que esteja reclamando, com certeza fora melhor assim.
- Então como vocês ouviram, eu que mando aqui. Vocês vão levar essa mulher bêbada para um centro de reabilitação, onde as melhoras serão informadas a mim, aos meus pais e a Gabrielle. Ela iria para um orfanato, mas eu prefiro ela junto comigo, então ela será minha empregada particular.
Depois sussurrou para a garota.
- Não se preocupe, você não vai ser empregada, vai ser minha amiga, é a única forma de eu conseguir te tirar daqui, cuidar da sua mãe e de você ao mesmo tempo. O que você acha? Você vai conseguir ajuda para sua mãe, ela sempre vai estar perto de você, poderá visita-la quando quiser, e depois que tudo acabar se quiser ainda vai poder ir morar com ela.
- Mas... por que fez isso? Por mim? A gente nem se conhece direito. 
- Bem, primeiro por que eu posso. E depois, bem... como lhe disse meus pais sempre me deixam sozinha, e eu basicamente viajo pelo mundo, então eu não tenho nenhum amigo que se não aqueles passageiros que eu faço nos lugares que eu visito. Vem logo...
Peguei na mão da garota, e a tirei de perto de onde a mãe esbravejava, bufava e o cara simplesmente ficava olhando a situação sem entender nada. Os seguranças pegaram ela, e aplicaram calmante, fora das vistas de Gabrielle e levaram ela para um carro, enquanto eu e ela íamos em direção a outro.
- Obrigada, madame.
- O que foi isso de madame?
- Agora eu sou sua empregada não sou? 
- Eu prefiro o termo Maid.
Não dava para rir, mas eu consegui ver um sorriso se formar no rosto dela. Mesmo que a mãe seja desse jeito, não deixou de dar educação a garota, ela ia todos os dias ao colégio. A prova era que ela sabia falar inglês, não era fluente, mas dava para se entender. Naquele momento eu havia ganhado uma irmã mais velha.
Depois de um bom momento divagando sobre o passado, percebi que estava mais calma, apesar do garoto ter pegado a garota pela gola e puxado para baixo e ter gritado, esbravejado e no mínimo odiá-la no momento, segundo Katsuragi Keima em uma de suas conquistas, ele diz que é só encher a pessoa de impressões e depois transformá-las em amor, não que seja fácil, mas provavelmente é possível.
Depois foi cochichar com Casus.
- Eu sinto que eu lhe devo desculpas, para você e para ele, mas eu não conseguiria outra forma dele me dizer o que aconteceu com ele para ajudá-lo. Era o caminho mais rápido e efetivo, mas eu não sabia que dava para mostrar lembranças aos outros através disso... E era muito azar saber que o que eu havia feito era o mesmo o que aquela pessoa que dizia o amar fez, não no sentido de mata-lo, mas de dizer que o ama e faze-lo sofrer.
Suspirei, e na minha mente, eu vi um caminho árduo para seguir, mas pelo menos agora eu via o caminho.
- Eu só vou pegar uma coisa em meu quarto Casus.
Corri até o quarto, fui no cofre escondido embaixo do tapete de Mary, abri uma caixinha que havia guardado desde seus cinco anos de idade, segundo sua mãe era um puzzle extremamente difícil de se realizar. Era um Octógono com 8 linhas em cada lado e cada linha dividido em 8 quadrados, no total eram 64 quadradinhos que dava para virar as letras que iam de A a Z. Minha mãe disse que o puzzle era passado na família havia sete gerações, e que no aniversário de cinco anos do filho era passado para a próxima geração. Era pequeno o suficiente para guardar no casaco, depois voltei correndo para a sala.
- Pronto.
Fui salvar a foto do garoto no pen-drive. E guardei o Pendrive, peguei um caderninho no bolso, um que a capa lia-se 13, e fui escrevendo palavras de oito letras que podiam ter algum significado juntos. Ao mesmo tempo uma imagem de um garoto ruivo sorrindo passou em sua cabeça, e acabei sorrindo. Se voltasse com vida do combate ela já sabia o que poderia fazer para pedir desculpas ao garoto. Depois foi falar com Syver um assunto totalmente diferente. Não havia nada a ganhar se continuasse no baixo astral...
- Ei... Ei... Se a gente se transformar mesmo que nem o Alice fez, grita comigo antes: É hora de morfar!  Depois sussurrei - Não se preocupe isso foi tudo planejado. Fiz um joinha e uma piscadela... - Bem... nem tudo... Quando voltamos chama a Danbi para jogarmos Resident Evil 6 no meu quarto ou Dead Rising... Ai chamo o Aloys também para jogar Dramatical Murder, aposto que ele vai gostar...
Bem, pelo menos aparentar que estar bem e que não se importa era algo realmente fácil para mim... Foi sempre assim...



Mwhahahahaha :




Pudiim <3, /o/
avatar
Iuajen
Guardian
Guardian

Masculino
Mensagens : 265
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Ichigo em Ter Fev 24, 2015 10:01 pm



Lunevoir escreveu:[size=13]- Você pode me imaginar nua com sorvete pelo meu corpo... Mas por favor faça isso no seu quarto e de porta fechada de preferencia. Mas iai? Gostou do poster? Dramatical Murder é um dos meus jogos favoritos.

O resto da frase foi completamente esquecido quando ouviu nua e sorvete, se perdeu em meio aos próprios pensamentos onde realmente estava imaginando a morena [Lune] com sorvete estrategicamente posicionado em suas devidas partes. Quem olhasse para ele neste momento veria ele com uma cara de nada e um sorrisinho maroto.

Permaneceu em seus devaneios mentais até esquecendo do sorvete que tinha em mãos, que a está altura já tinha virado sopa praticamente, voltou a si quando escutou seu nome novamente.

- Quem ousou falar meu nome? - Disse estufando o peito pronto para xingar quem havia dito seu nome em vão. Parou para analisar, o pequeno trap de cabelos de fogo havia sumido, isso significava que iriam treinar, hora de socar algumas coisas!
avatar
Ichigo
Guardian
Guardian

Feminino
Mensagens : 715
Idade : 23
Localização : Com meu hárem <3

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Yami em Qua Fev 25, 2015 12:06 am

Ok, Casus tinha um bom argumento... na verdade tinha um EXCELENTE argumento. Lissandra deu - literalmente - A vida por seu trabalho (O que na opinião dela era a forma mais bela de morrer), mas tudo aconteceu tão cedo e tão de repente! No seu íntimo sabia que ainda tinha muita coisa a fazer, a estudar, a criar... Tantas contribuições para a evolução da humanidade!

Ou talvez à extinção dela, mas vamos ignorar esta parte por hora.



"Minhas crianças" Suspirou lembrando-se de todas as drogas que criou desde a adolescência até a fase adulta. Praticamente nenhuma delas foi patenteada, mas com certeza tinham grande potencial. Potencial este que foi cruelmente ignorado quando descobriram o estado das cobaias nas quais havia testado... Mais pelo fato de serem alunos sequestrados da própria faculdade do que por qualquer outra coisa, embora o estado mental deles - Melhor dizendo, dos sobreviventes - Tenha se tornado um argumento realmente chato na sua ficha criminal.

Para grandes feitos são necessários sacrifícios, certo? Considerando que toda droga é testada em humanos mais cedo ou mais tarde, Lissandra não via problemas em adiantar o processo um pouco e colher resultados imediatos. Sempre odiou burocracia.

"Vale a pena" Concluiu antes de simplesmente sair da sala na mesma direção de Alice. Tinha prestado um pouco de atenção na briga do casal (?) procurando algo útil que pudesse ser usado futuramente, mas por hora, iria apenas guardar tudo na sua mente e analisar os fatos depois.

"Encare o abismo" Repetiu mentalmente "E pule nele quando ele te encarar de volta".
avatar
Yami
Guardian
Guardian

Feminino
Mensagens : 658

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Botan-chan em Dom Mar 01, 2015 4:55 pm


A expressão de Syver assim que viu que merdas a coreana esteve fazendo dentro do quarto todo esse tempo foi impagável. Três pontinhos surgiram acima de sua cabeça e o loiro não sabia se devia rir, ficar com mais raiva pela demora ou simplesmente se dar um facepalm – de tão ridícula que a situação pareceu. E o pior de tudo era que Danbi estava jogando LoL com gente viva, sendo que ela estava morta. Isso deu um puta nó na cabeça do norueguês, que decidiu ficar quieto pra não acabar ficando com dor de cabeça. Tinha certeza de que Casus daria um jeito depois, afinal a albina parecia saber o que estava fazendo.

“Sim, é, ela vai resolver isso.”, pensou consigo mesmo e saiu andando do quarto junto com a mais baixa, quando ouviu o berreiro cheio de xingamentos vindo da sala e, reconhecendo a voz de Alice já se deu um facepalm DAQUELES. Sabia que o baixinho era pavio curto, mas aquilo tinha cara de Lunevoir provocando.

- Você me perguntou o que perdeu? Bem, a Lune desenhando o Alice e agora um barraco dos bons. Se bem que esse eu também perdi...

Engraçado foi que terminou de responder à jovenzinha assim que chegou até o local onde o povo antes estava reunido e já foi surpreendido pela holandesa com um papo nada a ver. Morfar? Jogar depois? Como assim ela conseguia falar disso depois de ouvir aquele monte de merda?

- Pode até ser... Mas depois você vai me dizer qual é a sua. – Terminou a última frase num sussurro, segurando o braço da moça de olhos vermelhos – Porque eu não acredito em uma palavra que você disse sobre isso ser planejado. – A soltou franzindo as sobrancelhas e depois seguiu o ruivo seja lá pra qual inferno ele tivesse ido.



Sensualizo como ninguém!!!!!!!!!!!!! *dancinha*
avatar
Botan-chan
Medium
Medium

Feminino
Mensagens : 1794
Idade : 24
Localização : Terra dos Unicórnios

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Ai-chan em Sex Mar 06, 2015 3:41 pm


- Só quando o irritam, Monique. - sorriu calmamente e se virou para Lunevoir, um pouco confusa. - E por que pedir desculpas para mim? Você não fez nada que me incomodasse, Lune.

Assim que todos chegaram, a albina guiou o pessoal e passou pela porta. O que eles viam era um campo desértico, com o chão composto por areia preta e árvores secas. O céu tinha uma coloração meio alaranjada.

- Nós estamos numa dimensão diferente para que o treino não afete o mundo dos vivos. Aqui há um grande espaço aberto, então será mais fácil para se movimentar. - continuou andando e falando, girando uma das auréolas no dedo indicador direito. - Se alguma menina ou algum menino estiver usando salto, eu recomendo que tire!

Ao parar de caminhar, todos puderam ver um terreno irregular, cheio de desníveis. Estando em cima do morro mais alto do local, era fácil ver os cabelos ruivos de Alice, que estava sentado num galho de árvore meio distante.

- Aliceeee! Vamos começar! - gritou. - ...Ah, vão até ele. Parece que o Alice ainda está de mal-humor e não vai vir aqui. - coçou a cabeça, pensativa. - E tomem cuidado. Não exagerem ou suas almas podem ser destruídas!


  Panda  Panda  Panda  Panda  Panda  Panda 

Spoiler:




Muito obrigada!! Eu amo vocês. ;;
avatar
Ai-chan
Ai-chan
Ai-chan

Feminino
Mensagens : 1616
Idade : 21
Localização : Underland yeah yeah~ \o\

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Yami em Sab Mar 07, 2015 2:25 pm

Tudo aquilo para Lissandra era... Entediante. A cientista não pôde negar que o chão negro realmente chamava a atenção, mas naquele momento a sua mente estava centrada em coisas completamente diferentes. Manipulação, coação, planos, morte e vingança. O fenômeno descrito por Casus a intrigava, e definitivamente Lissandra iria ver aquilo acontecer enquanto estava naquele mundo.

Não importava quem precisasse ser sacrificado, desde que não fosse ela.



"Parece que as coisas vão ficar divertidas, eu espero".

O plano estava parcialmente formado, mas conseguiria terminá-lo durante o treinamento, disso tinha certeza. Agora, precisava de suas peças.

Caminhou até o ruivo no momento em que os outros chegaram, se aproximando tão calma que até poderia ser considerada uma pessoa comum.

-Ei, Alice - Chamou-o num tom baixo o suficiente para que quem estivesse longe não escutasse, porém alto o suficiente para que ele pudesse ouvir - Quero falar com você depois desse treinamento, tenho certeza que o assunto é de seu interesse.

E tão subitamente quanto apareceu, Lissandra se afastou.
avatar
Yami
Guardian
Guardian

Feminino
Mensagens : 658

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Iuajen em Sab Mar 07, 2015 2:35 pm


Ou o Syv é Loiro burro, ou ele é parecido com o Sheldon e eu tenho que levantar uma plaquinha de sarcasmo. - Meu querido... Olhou pra Danbi... - Apenas modo de falar... Enfim... Me aproximei do garoto e sussurrei.Bem, a parte de causar uma impressão grande nele, foi bem sucedida, agora é só dar um jeito de transformar essas impressões negativas em sentimento de amor. Pelo menos são os ensinamentos de Keima. Se Bielzinho tivesse aqui com a gente ele confirmava, mas um neet é sempre um neet.
Aloys por outro lado parecia estar babando e viajando nos pensamentos pervos dele. Provavelmente envolvia meu corpo e sorvetes. Ai depois ele perguntou quem tinha falado o nome dele, nem percebendo que quem havia o citado era minha belíssima pessoa.

- Eu disse pra você pensar no quarto, e não agora. A seca tá tão grande que basta alguém falar em peitos e sorvetes que você já imagina uma banana split? Provavelmente ainda tinha calda de chocolate em cima...
Dei um tapinha bem de leve atrás da cabeça do garoto. - Fui eu que falei seu nome de novo, tava comentando com Syv, se depois dessas tretas de Soul Eater se todo mundo não queria ir jogar uns jogos no meu quarto, ai eu ia te apresentar o Dramatical Murder.

Alice depois do Soul Link que me fez ver suas lembranças, agir como um seme me pegando pela gola e me jogando na parede e me beijando. Ahh... Como eu queria que fosse realmente isso que tivesse acontecido... Saiu mais rápido do que Syv sairia se ouvisse "Danbi de cosplay das empregadas de Silent Hill", fazendo com que Casus depois de rejeitar minhas desculpas e jogar uma indireta para Danbi tirar o salto alto, chamasse Alice de volta e falando para todo mundo ir até ele.
- Agora tudo voltou ao normal. Quando foi andando em direção ao local onde Alice estava a mando de Casus, aproveitei e levantei a mão de Aloys fazendo ele bater a boca no sorvete liquido que estava segurando. - Se demorar demais a comer, amolece.
Dei uma piscadela para provocar.




Mwhahahahaha :




Pudiim <3, /o/
avatar
Iuajen
Guardian
Guardian

Masculino
Mensagens : 265
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Ichigo em Dom Mar 08, 2015 8:56 pm



Lunevoir escreveu:- Eu disse pra você pensar no quarto, e não agora. A seca tá tão grande que basta alguém falar em peitos e sorvetes que você já imagina uma banana split? Provavelmente ainda tinha calda de chocolate em cima...
Dei um tapinha bem de leve atrás da cabeça do garoto. - Fui eu que falei seu nome de novo, tava comentando com Syv, se depois dessas tretas de Soul Eater se todo mundo não queria ir jogar uns jogos no meu quarto, ai eu ia te apresentar o Dramatical Murder.

Estava ansioso para o inicio do treino e ao chegar a dimensão achou ainda mais divertido, com toda certeza era bem diferente do que costumava ver na Alemanha, já que morava em Berlim e de vez em nunca visitava os parentes por parte de mãe em Saarbrücken, estava acostumado ao frio não ao calor. Olhou para suas roupas ao menos estava minimamente preparado para uma caminhada na areia, o que era terrível.

- Ai que você se engana minha cara peitos, eu estava muito ativo antes de morrer para sua informação - Deu um sorriso maroto para a garota - Demoraria demais ter que esperar até estar no meu quarto para imaginar e por que não agora, assim ganho mais espirito para a luta - Antes que pudesse derrubar o sorvete ou o que havia restado do mesmo, já que Lunevoir havia batido em sua mão, terminou o sorvete sem saber onde deixar, então largou no chão e escondeu com areia - Acho uma ideia muito digna, só espero não explodir minha alma como Casus citou. Riu antes de caminhar em direção ao pequeno com cabeça de fósforo que estava dando uma de coruja na arvore.
avatar
Ichigo
Guardian
Guardian

Feminino
Mensagens : 715
Idade : 23
Localização : Com meu hárem <3

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Botan-chan em Ter Mar 10, 2015 8:58 pm


Quando se está acostumado a dias cinzentos com muita neve e nada chamativo, ser jogado em um lugar tão distinto era... Assustador. Pelo menos para o norueguês, que deu um pulo para trás levando as mãos ao rosto como se fosse pegar fogo - ou ser pulverizado pelao Vel'Koz *apanha*luz alaranjada. Com isso, esbarrou na Casus e quase caiu de bunda no chão, mas conseguiu se recuperar a tempo de ouvir a albina explicar sobre o cenário.

- Por que num lugar tão... Chamativo? - Fez um bico, cruzando os braços e depois olhou para Alice, ou melhor, os cabelos ruivos que seriam identificáveis a qualquer distância do mapa antes de dar um loooongo suspiro. O tsunderismo dele era tão chato em certos momentos que chegava a ser ridículo, porém lá foi o loiro deixar quieto. Caminhou silenciosamente atrás do grupo, morrendo de calor até parar perto do ruivo, com a mesma expressão impaciente de sempre.



Sensualizo como ninguém!!!!!!!!!!!!! *dancinha*
avatar
Botan-chan
Medium
Medium

Feminino
Mensagens : 1794
Idade : 24
Localização : Terra dos Unicórnios

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Ai-chan em Ter Mar 17, 2015 6:45 pm

Alice olhou para Lissandra, ainda aparentemente irritado. Bufou baixo e balançou a cabeça, não muito interessado no que ela poderia querer com ele, mas de qualquer forma... Assim que viu o grupo se aproximando, pulou do galho.


- Vamos começar logo isso antes que Casus me encha a paciência. - o ruivo cruzou os braços e encarou-os, menos Lunevoir. - Peguem as pedras de vocês e as segurem. Fechem seus olhos e imaginem algo que gostem. Família, amigos, comida, animais, qualquer coisa que seja importante para vocês. Momentos marcantes de suas vidas também servem. - falou enquanto esperava os mesmo fazerem o que ele dizia. - Depois, concentrem-se nesse sentimento. As pedras irão reagir de acordo com o que vocês pensam e podem se manifestar de várias formas. Podem se transformar em algo que almejam ou algo que os lembre de sua infância, desejos profundos... Às vezes, as pedras também podem causar uma transformação que não tenha nada a ver com a pessoa. É algo muito aleatório. - Alice segurou sua pedra e ela começou a brilhar, logo o corpo todo dele era tomado por aquela luz e ele surgia em sua "outra forma". - Vocês irão sentir um calor repentino. Não se assustem e façam isso logo.

Casus ficou olhando de longe, curiosa para ver como eles iriam ficar. Enquanto isso, Alice sentava no chão, fazendo alguns preparativos.


  Panda  Panda  Panda  Panda  Panda  Panda 

Spoiler:




Muito obrigada!! Eu amo vocês. ;;
avatar
Ai-chan
Ai-chan
Ai-chan

Feminino
Mensagens : 1616
Idade : 21
Localização : Underland yeah yeah~ \o\

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Iuajen em Qui Mar 19, 2015 5:12 am


Mas eita... E bota eita nisso... Não é que o ruivo sabia mesmo se transformar, mais um pouco e ele poderia participar do Late Stay Night comigo <3. Segundo informações visuais, bastava você apertar a pedrinha e imaginar momentos marcantes, bem não que tivesse muitos... vejamos... Tem aquela vez que os dois homens se pegaram em plena luz do dia em Amsterdã, acredito eu que estavam meio drogados, mas enfim... Teve a outra vez que aquele moleque ficou fazendo piada do meu nome, dei um chute no meio das pernas e ele foi chorando pra mãe dele, hmmm, acho que no caso teria que ser marcante pra mim, e não uma pessoa que eu marquei...
Teve aquela vez que o Jared Padelacki disse que eu era bonita e que eu deveria parar de obrigar garotos a se vestirem de Castiel e Dean e se beijarem. Mas o legal mesmo foi o abraço dele... Ainda assim acho que foi mais marcante para os dois garotos, foi nesse dia que descobri que nada que uma foto, uma ameaça e trinta dólares não resolvam... E que garotos são simples.

- Ahhhhhhh! Eu não consigo pensar em nada marcante... Mas bastou olhar para Alice que as lembranças dele que antes haviam passado direto pra minha cabeça voltaram com força, junto a isso lembrei de quando o avião estava caindo e fui proteger Gabrielle, lembrei de quando Alice e eu fomos para um quarto e... , lembrei de olhar naqueles olhos vermelhos que exalavam ódio de minha pessoa e enquanto isso tentava sentir tudo de uma vez, me imaginei abraçando o garoto ruivo e tentando passar para ele todos os sentimentos que eu tinha por ele - Minha vez. Não fui tão rude quanto ele foi comigo, apenas encostei com a mão na testa dele, esperando que todos os meus sentimentos e o fato de que a razão do momento marcante meu era ele. Sem perceber eu já estava apertando aquela bolinha que eu segurava na mão, naquele momento eu me via abraçado com o garoto e fazendo cafuné dele, enquanto riamos de uma piada que havia sido feito em Gintama. Uma sensação quente foi espalhando pelo meu rosto, pensei que eram lágrimas, mas...
- Pera!! Peraa!!! E a sensação quente que vinha do rosto parou... - Eita! Parou mesmo... Se for para transformar, tem que ser com o estilo. Sorri para Alice e sussurra. - Me desculpe por antes, eu queria saber mais sobre você, e pensei que sem te pressionar, você não iria me dizer. E depois fui para um lugar qualquer onde tinha espaço suficiente para me movimentar livremente.
- PELOS PODERES DA FANFIC! DE TODOS OS UKES E SEMES, DA DARK MAGICIAN GIRL E PRINCIPALMENTE DO AMOR GAY! A sensação quente volta a percorrer meu rosto, e eu sentia que estava brilhando. - EU TENHO A VIADAGEM! Levanta o Braço brilhante e começa a passar pelo corpo a medida que essas partes vão se transformando. - É Hora de Morfar! Depois de fazer uma pose e os efeitos audiovisuais de explosões ocorrerem atrás de mim e o brilho passar, eu pude reparar no que havia me tornado. A primeira sensação foi de coisas balançando pra cima e pra baixo em cima da minha cabeça, eu conseguia controla-los e eram fofinhas... Eu tinha...
- MANO! EU TENHO ASAS NA CABEÇA! Será que é por que dizem que eu sou avoada? E que Roupa rosa gay é essa? Ela tinha algumas aberturas, além de um decote gigaenorme que fazia minhas gêmeas saltarem para a fora. Um sinto de utilidades do batman onde a pedrinha estava encrustada, luvinhas brancas, um rosário preso a cintura para mostrar o quão pura eu sou, e várias cruzes pela roupa novamente reafirmando minha pureza.
Bem... Pura, tirando o fato que tava de cinta liga e de fio dental, mas isso é coisa da transformação, porque eu estava usando uma de bolinha e meu sutiã era de rosas vermelhas... Tudo estava bem enquanto não estivesse ventando...
- SYV! LOIRO DO TCHAN TARADO! Se transformem logo! Quando seu cabelo esvoaçou percebeu que as pontas estavam um pouco verde-água. - Gente! *-* Meu cabelo tá Ma-ga-vi-lho-so, parece que acabei de sair do salão... Será que mais alguma coisa mudou? Fui até a janela ver meu reflexo e... - Meus olhos *-* não são vermelhos, são verde água agora. Take That Loiras brancas de olhos azuis! Sem seus 3000 pontos de ataque vocês não parecem tão assustadoras!
Aaaah... Ficou legal, mas... - Eu não quero ser a personagem de Fan-service dessa história! Eu vou lá buscar um shortinho que isso aqui tá mostrando demais... Mas... Mais uma imagem pra você gravar Aloys... Dei uma piscadela e fui no meu quarto, vesti um shortinho, e voltei. - Ei casus, essa roupa é linda... Eu posso ficar com ela? Ou ela só aparece quando eu me transformo? Apesar de não estar ventando agora, na hora da batalha... Nada contra o meu fan-service, mas... - Desculpe Aloy... Se eu ficasse assim na batalha e algum mangaka estiver nos vendo? E se a série der certo e virar anime? Eu tenho que deixar só no ecchi... Se passar disso, não entra no horário nobre e eu não iria ficar famosa... E principalmente e mais temível dos acontecimentos... Iam vender minhas action figures com peças de roupas removíveis... Não posso deixar isso acontecer...

Lune Transformada:
 



Mwhahahahaha :




Pudiim <3, /o/
avatar
Iuajen
Guardian
Guardian

Masculino
Mensagens : 265
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Botan-chan em Qui Mar 19, 2015 10:06 pm


Ai meu Deus, a madame tava estressada mesmo com o povo que não tinha nada a ver com isso. Syver suspirou num misto de irritação e frustração, louco pra mandar Alice ir resolver as tretas dele com Lune dentro de um quarto sem envolver os demais, mas como ainda tinha amor pela própria vida - ou morte? Alma, talvez - acabou quieto; permitindo-se apenas prestar atenção ao que o jovem de cabelos vermelhos dizia.

A transformação parecia bem fácil, pela descrição de Alice e a rapidez com que o mesmo adotou a segunda forma, porém quando o norueguês foi tentar imitar o gesto seu cérebro entrou em curto-circuito e nenhuma lembrança surgiu - pelo menos nenhuma coisa marcante... Sua vida era entediante; a família, mais simples ainda e ele não fazia nada atualmente que pudesse servir como gatilho para a transformação. Até que se lembrou.

As imagens passaram por sua mente de uma forma tão nítida que era como se estivesse vendo isso numa televisão de 72 polegadas e ainda por cima em HD: Na visão, um Syver pivete, de uns sei-lá-quantos-anos estava junto com outros pirralhinhos da idade dele... E o grupo tinha acabado de sair da aula, rindo e comentando algo sobre como a primeira missão do grupo protetor da escola de Hell tinha sido bem sucedida. É... Ele sempre quis ser um super-herói... E agora tinha essa chance!

- ... Pior que eu não tenho nenhuma frase... - Murmurou em dúvida se o calor que sentia era por conta da transformação ou seu cérebro fritando mesmo - Mas foda-se. Vai o que a Lune falou. - Fechou os olhos pensando em todo o seu desejo de ser um super herói fodão e gritou - É HORA DE MORFAR!

Assim como aconteceu com a holandesa, uma chuva de explosões coloridas com direito a confete surgiu atrás do garoto, mas ele não se incomodou com isso. Até porque, convenhamos... A primeira coisa que reparou...

- PUTA MERDA, EU TENHO PEITOS. - Olhou para baixo, praquele volume ENORME onde antes não tinha nada e os apertou de leve como um garoto que nunca tinha visto uma mulher na vida. Ok. Eram fofinhos... E balançavam. Não era uma ilusão. "Então quer dizer que eu também tenho uma pepeka...? Ou será que sou um kinder ovo? JESUS, socorro, o que diabos foi isso?", concluiu com uma cara de extremo pânico antes de se virar pros outros, ainda meio sem jeito por ter virado um poste com peitos - Tá... Ainda bem que o Alice disse sobre a transformação ser algo aleatório, porque se fosse por mim eu tinha virado uma das criaturas de Silent Hill >8( Acho que não iam cobrar direitos autorais sendo que estou morto, não é? - Perguntou para o nada, ainda apertando os peitos sem perceber.

 



Sensualizo como ninguém!!!!!!!!!!!!! *dancinha*
avatar
Botan-chan
Medium
Medium

Feminino
Mensagens : 1794
Idade : 24
Localização : Terra dos Unicórnios

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Yami em Qui Mar 19, 2015 11:03 pm

Apenas sorriu de canto ao ver o garoto a encarar irritado. Sabia que, mais cedo ou mais tarde, ele iria procurá-la para saber do que se tratava, e quando isto acontecesse, estaria preparada.



"Não acho que seja algo que ele vá recusar. Nós dois sairíamos ganhando, tecnicamente". A maiorias das pessoas era incrivelmente fácil de ser lida, e Lissandra sabia que pelo menos boa parte delas aceitava na hora uma proposta com ganhos bastante visíveis, mas teria um bom tempo para pensar nisso depois, agora era hora de se concentrar na sua transformação.

-Algo que eu goste é? -
Murmurou para si mesma enquanto retirava a pedra das vestes e, com um sorriso distorcido e sádico, pensava em seus experimentos... Suas drogas, estudos, laboratório, casa, solidão, liberdade...

Insanidade.



"Obdurat et Impera!¹"



O calor em seu peito ganhou força total enquanto Lissandra ergueu a pedra e fechou os olhos quase numa sensação de êxtase. Há muito tempo não sabia o que era sentir, fosse fome, frio, dor, calor... Por um milésimo de segundo sentiu-se acima de qualquer coisa, qualquer limite ou privação. Sentiu-se invencível.

Spoiler:

Ainda com os olhos desfocados como se estivesse em transe, estendeu a mão direita e uma lança negra e incrivelmente afiada surgiu. A cientista sorriu inconscientemente antes de despertar para o que tinha se tornado.

Spoiler:

Seus cabelos estavam mais curtos, mas ainda continuavam num tamanho razoável, seu vestido tinha se tornado mais moldado ao corpo e com ele tinha uma longa capa que a cientista realmente esperava não atrapalhar na hora do combate.

E falando em corpo, agora sua pele possuía cor! Seu cabelo estava um pouco mais sedoso, seus olhos pareciam mais vivos... Em resumo, estava parecendo um ser humano, ao invés de um cadáver que errou o caminho do cemitério.

-... Isso sou eu?  - Murmurou levemente embasbacada com tudo aquilo antes de testar a lança fazendo um corte na própria mão. Não teve consequências físicas, mas sentiu a dor e isso já provava o suficiente.

Sorriu.

----OFF----

¹: "Oprima e reine!", numa tradução literal.


Última edição por Yami em Sab Mar 21, 2015 9:20 am, editado 1 vez(es) (Razão : Porque mesmo que tenha gente que chama de tridente, pra mim, a arma dela é uma lança e eu tive que mudar -q)
avatar
Yami
Guardian
Guardian

Feminino
Mensagens : 658

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Iuajen em Dom Mar 22, 2015 3:00 am


- Peraí... Foi ao lado do garoto(a) Syv. Será que aquilo era mesmo verdade? Apertou, balançou, chacoalhou... - Hm.... A consistência é verdadeira, não tem silicone... Syv, dê uns pulinhos ai... quero ver se a densidade das coisas são verídicas também... Porque se forem... Coloquei a mão o braço na testa, fechei os olhos fingindo desilusão. - Seus peitos são maiores que os meus! Ajoelhei no chão tentando fazer uma cena de desespero. - E você ficou mais gostosa também! E essa roupa de Maid?
Uau... minha transformação foi impressionante, mas com certeza não foi mais interessante que essa. Já a cheiradora de gatinhos virou o que eu previa. Ela parecia aquelas bruxas más da Disney, ainda fez uma ceninha falando algo parecido com Latim, não tinha certeza...
Ela ganhou um tridente, tipo a Ursula da pequena sereia, só ao contrário da vilã, a cheiradora de gatinhos tinha algo masoquista inerte e a primeira coisa que fez foi se cortar e depois sorrir... Depois sussurrei para Syv...
- Ei Syv... Eu sei que vai parecer estranho mas... Ela é meio louca... não que eu não seja, mas ela é uma louca perigosa... Eu tenho certeza que essa coisa de transformação em mulher, vai te fazer mais mal do que bem... - Mas para você não dizer que eu sou legal... Nossa... agora que aquela ideia me veio a cabeça, eu deveria em pensar em mudar minha tendencia de Caotico Bom, para Caotico Neutro. Aumentei o tom de voz. - Nossa! Como seria se você engravidasse nessa forma e no momento da gravidez fosse homem? Você ainda tem aquilo que te faz homem? Tantas perguntas para serem respondidas com essa transformação... Depois sussurrei de novo no ouvido do garoto... - To de recalque mesmo... Quem mandou ficar mais peituda que eu... 
Dei um tapinha no ombro do Syv. Enquanto olhava para a Bruxa do 71 recém transformada, esperando ela chamar o Satanás para poder cheirá-lo e esperando ver se essas questões iriam torturar a cabeça louca dela, e fariam ela ir ameaçar, cortar, dissecar,  tentar sanar tais perguntas, de maneira singela e delicada como somente uma garota inocente e totalmente sã nas suas faculdades mentais faria.
Bem... agora é só ver o que vai acontecer... fiquei esperando o resto se transformar enquanto admirava a transformação de Alice, e esperava uma resposta dele.
- E só porque eu posso... As asinhas da cabeça começaram a bater, e comecei a flutuar... Quem diria que eu poderia voar sem ser de avião... - E casus... Você se transforma também? Ou já é legal assim por si só? Depois que perguntei, percebi a puxação de saco que pareceu, mesmo que não quisesse puxar o saco dela... 



Mwhahahahaha :




Pudiim <3, /o/
avatar
Iuajen
Guardian
Guardian

Masculino
Mensagens : 265
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Ichigo em Dom Mar 22, 2015 8:30 pm



Quase dando saltos de alegria, muito másculo da parte do loiro, finalmente iriam começar o treinamento com direito a transformação e tudo, segundo o ruivo era só imaginar algo feliz, segurar a pedra e puft! Pronto. Só que como todo jogo nada é fácil assim de mão beijada.

Tirou a pedra de seu bolso e brincou levemente com ela pelos dedos tentando puxar algumas memórias que pudessem ser realmente felizes, sem nenhuma observou a transformação dos outros quase caindo de queixo no chão ao ver a peitos virada em peitos e coxas, até foi atingido por uma lembrança de tanta felicidade.

Lá estava o pequeno Aloys deveria ter por volta de uns 4 anos, correndo de um lado para o outro feliz da vida, já que era a primeira vez que visitava um zoológico até tropeçar e cair de cara no chão abrindo o berreiro. Um garoto muito parecido com o loiro se aproximou abaixando do lado dele e bagunçando seus cabelos "Deveria ter mais cuidado!" Logo após sendo resgatado pela mãe e se aconchegando no colo da mesma, conseguia lembrar do calor e amor daquele abraço e isso foi suficiente para sentir esse calor irradiar por todo seu corpo.

- MORFAR! - Foi a única coisa que pensou em dizer antes de sentir toda aquela luz, calor e viadagem da transformação. O que seria um super fodastico samurai? Um Booker fodão de Bioshock infinite? Mas quando sentiu um vento que lhe fez balançar as orelhas... Balançar as orelhas???? Levou as mãos a cabeça encontrando duas orelhas longas e felpudas saindo da mesma - MAS QUE PORRAS EU TENHO ORELHAS GIGANTES? - Instintivamente olhou para sua parte de trás e deus sabe por que, tinha um rabinho redondinho e felpudo, deviam estar de brincadeira com isso. Não conseguia nem se concentrar em peitos *olha o milagre* já que estava novamente em conflito, já que havia virado um coelho com roupa de couro e que se olhassem diriam que é masoquista.
avatar
Ichigo
Guardian
Guardian

Feminino
Mensagens : 715
Idade : 23
Localização : Com meu hárem <3

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Yami em Sab Abr 04, 2015 7:55 pm

Ainda que ficar ali, apenas admirando todo o seu poder e glória recém-adquiridos parecesse algo muito interessante (E de fato o era), Lissandra ainda precisava sair de seu mundo interior e interagir com os meros mortos à sua volta. Suspirou de desgosto enquanto olhava ao redor... Ok, algumas transformações eram até interessantes.



"Falou de mim, mas não aguenta quando alguém se revela mais que você?" Pensou com um sorriso de canto ao ver a atitude de Lunevoir. Gostava quando as máscaras caiam e as pessoas revelavam quem realmente eram: Escuridão pura nas almas.

Sabia que a morena fazia aquilo de propósito e, embora odiasse admitir, ela tinha levantado umas questões bem... Interessantes para serem investigadas depois.

Mas duas pessoas podiam jogar aquele jogo.

-Parece que, apesar da aparência de prostituta medieval, a transformação de alguma forma afetou seu raciocínio positivamente - Na verdade queria dizer "Olha que bom, você parece um macaco que aprendeu a dar pinceladas sem sentido numa tela", mas não quis ofender os pobres primatas... E vamos lá, no fundo no fundo, aquilo REALMENTE tinha sido um elogio para a garota! - Mas não apenas a transformação dele, todas despertam dúvidas interessantes a serem investigadas, por exemplo, a sua - Apontou o tridente para as asas da garota - Se eu arrancar esses enfeites na sua cabeça, você sentirá dor? As marcas vão ficar? Se você se destransformar e transformar de novo, elas voltarão intactas? Se sim, há um limite de quantas vezes isso pode ser feito? Eu poderia passar o dia todo criando perguntas para cada um de vocês e arrumando respostas por meus próprios meios - Deu de ombros como se aquilo fosse algo tão comum quanto falar sobre o tempo.

-Mas não há sentido em permanecermos parados aqui e discutirmos isto agora. Alice
- Virou seu rosto para o ruivo com uma expressão polida e bem educada - Imagino que você tenha um pouco mais a nos falar do que simplesmente como a transformação é feita, estou certa?
avatar
Yami
Guardian
Guardian

Feminino
Mensagens : 658

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Botan-chan em Dom Abr 05, 2015 3:10 am


Ainda distraído com os peitos recém descobertos, o mais alto permaneceu apertando-os por impulso mesmo quando viu as outras transformações. Bem... Lissandra tinha virado uma mulher assustadora, mas ainda assim num estado melhor que o normal e o outro maluco lá tinha sido presenteado com um pompom na bunda, porém nenhum deles tinha surgido com peitcholas vindas do além - o que provava que o bullying era COM ELE. Deus tá vendo esse vacilo, só digo isso!

Enfim, suspirou meio em choque, meio frustrado e meio feliz (sim, é complicado. Era horrível virar uma garota, mas pelo menos ele teria peitos pra apertar) quando a aproximação de Lunevoir o fez cair na real. Não... Aquela transformação não era um sonho. Ele fez tudo o que a garota pediu - inclusive os pulinhos - pra chegar no final e ela constatar que tinha menos peito? LUNE COM MENOS PEITO AONDE??

- Mais peito que você? Francamente, já notou o tamanho desses seus melões? Sério, já são grandes e agora nessa transformação parecem que vão sair pulando por vontade própria... - Resmungou olhando diretamente pro decote da garota e completou - Impossível. Para de ser implicante, porque eu sei que essa é sua intenção!

Dessa vez não ficou tão sério quanto ficava quando ouvia brincadeiras relacionadas à sua pessoa, mas foi só ouvir a provocação pra Lissandra que sua cara mudou completamente. Os olhos do garoto/garota se arregalaram e se a colega não tivesse começado a flutuar, era capaz de ele agarrá-la pra dar umas boas porradas.

- PORRA! VOCÊ TÁ MALUCA?! CÊ VAI ME LEVAR NUM RESTAURANTE, PAGAR UMA COCA...?? PORQUE TU QUER ME FODER, NÉ?! - Entrou em estado de desespero, suando frio e depois olhou pra Casus - Casus, se essa mulher tentar arrancar pedaço diz que você pode nos proteger! Por favor, eu não preciso de MAIS UMA LOUCA querendo acabar com a minha vida após a morte! - Gritou pra Deus e o mundo ouvirem, se encolhendo no chão em SD com uma aura negra de terror e tudo.



Última edição por Botan-chan em Dom Abr 05, 2015 7:21 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Avatar colocado e falas negritadas <3)



Sensualizo como ninguém!!!!!!!!!!!!! *dancinha*
avatar
Botan-chan
Medium
Medium

Feminino
Mensagens : 1794
Idade : 24
Localização : Terra dos Unicórnios

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Iuajen em Dom Abr 05, 2015 5:40 pm


Puta Medieval era um xingamento que realmente nunca haviam a chamado antes. Mas o que era engraçado era a garota achar que era superior, por achar que tinha um conhecimento maior que a de todos ali. A fez lembrar das pessoas que somente viam a inteligencia, como dicionário. Bastava ter a informação que acreditavam ser inteligentes. Nada contra mas teria que colocar uma certa garotinha em seu devido lugar. Nada contra o xingamento, foi até legal, não sabia que uma pessoa tão imersa em seu próprio mundinho de gatinhos para cheirar teria noção de humor o bastante para falar isso.
Mas o que realmente tinha me tirado completamente do sério, era as ameaças com o fato da certeza de que iria intimidar qualquer um que se virasse contra ela. O fato de ser igual aquelas malditos de escolas e autoridades que achavam ter o poder nas mãos por algum motivo e qualquer um que se rebelasse, ou não tinha motivo ou só queria arrumar confusão, essas pessoas que a subestimavam. Me ameaçar e me subestimar não é algo que alguém que se diz inteligente deveria fazer.



- Bem. Eu aconselho você a você não tentar isso. Por que eu também tenho certas dúvidas sabe. Será que se eu pegar esse tridente e introduzir em cada cavidade sua o que aconteceria? 
Cheguei bem perto da garota e olhei naqueles olhos que se tornaram vermelhos por causa da transformação.


- Você pode até assustar a New Peitos ali. Mas... o seu vício de cheirar gatinhos não me assusta, toda essa coisa de inteligência que você usa como desculpa para se sentir superior aos outros, não é nada mais que seu casulo, porque você é covarde demais para se desprender do que quer que seja que aconteceu com você. Apesar de crer que monstros são criados e não nascem como um, eu não tenho saco e provável que a New Peitos também não tenha mais, para ficar recebendo ameaças de uma garota masoquista com o ego super inflado e que acredita ser de uma raça superior. Você era tão homo sapiens sapiens como qualquer um aqui, e você continua sendo da mesma raça que qualquer um aqui, desse do altar que você não é melhor que ninguém.


Calma Lune... A vida não é para ser levada a sério... Por que a morte seria? Por que? - Por que todas as pessoas acham que existe um sentido? Por que todos procuram um motivo para o - que viver? É muito mais fácil só fazer - o que der na telha... As pessoas são muito sérias... 


- Sua inteligência é só uma característica peculiar sua e provavelmente não é lá essas coisas, se tudo o que fez foi juntar informações e testar de forma a visar só os resultados, não te importa o que eu vou falar agora, mas como eu não ligo para o que você quer ouvir ou não, se tiver algo contra, é só vir pra cima e tentar me calar. Você não possuí nem cinco por cento da minha inteligência. Entenda, eu podia ser o que eu quisesse, eu tenho dinheiro, tenho inteligencia e tenho beleza, e é exatamente a inteligência que eu possuo em mais abundância, não é ser arrogante, é um fato, tudo era muito fácil... tão fácil que até hoje, até conhecer Alice não havia nada no que eu me esforçar. Mas essa coisinha que não é importante nem para 0,00001% do mundo e a tornou famosa, e que você levou não sei quantos anos da sua vida é tão ridícula que eu acho que eu não precisava nem de um ano e saberia o mesmo que você. E se é só sobre isso que sabe, você não é nem de longe, nem de perto uma pessoa inteligente se é só isso que importa para você, se esse único conhecimento um pouco mais avançado te faz achar superior a alguém, você não é superior nem aquele gatinho que você cheira por estar em depressão. Eu não vou aceitar suas ameças, fala fino comigo que eu não sou suas cobaias e nem irei abaixar a cabeça para pessoas como você. Nunca abaixei e nunca vou abaixar.


A raiva parecia tomar meu corpo enquanto eu falava. Alguma coisa parecia ter ligado em mim.
- A coisa é que se a senhorita cheiradora de gatinhos, masoquista quiser brigar... Segurou a garota pelo o que seria a gola que vestia. - Cai dentro! Que eu vou te fazer queimar no fogo do inferno sua Bruxa. Soltei a garota. Tentando me acalmar inutilmente já que a raiva continuava subindo a um pico cada vez mais alto.
- Não sou esse povo passivo que você fala alto e todos baixar a cabeça com medo. 


Não vou aceitar! Pessoas tentando me dizer como - devo ser ou deixar de ser... 
Se acalme Lune. Ou você vai começar a falar sem pensar. Você já superou o que essa vadia ainda não. Eu já superei tudo isso. - Por que ver alguém que se nega a superar me machuca tanto? Por que? 

O mundo só precisa um pouco mais de
- anarquia...
Respirei fundo e consegui me acalmar. Eu sabia desde o início que ela era assim, eu já sabia que eu não gostaria dela, e eu também já sabia que eu acabaria brigando com ela. Só não pensei que ia ser tão rápido... Eu sabia que lá no fundo, eu era igual a ela, ou ela era igual a mim, não importa. A única diferença é que encontramos outras respostas. E por que a resposta dela me irrita tanto? - Por que entre todas as pessoas do mundo que morreram tinha que ser bem uma que o núcleo era igual e o resto diferente?

Eu estava realmente bem calma quando a ideia apareceu em minha cabeça. Se tem algo te atrapalhando, basta selecionar e apertar "shift + delete" não é?


- Casus! Eu não quero problemas com você. Não tem problema se uma certa pessoa morrer de novo tem? Se tiver... Bem, diga que socos, e tetada na cara são permitidos por favor.
A Vida nunca foi complicada. E ela não tem que ser, se aparece algo no seu caminho, eu só precisava destruir ela não é?


- Ah! Antes da sua resposta Casus, eu fui muito séria, coisa que normalmente não sou... Então... Real Lune Time!

- Aloys! Aproveita que é páscoa, e bota uns ovos de chocolate pra gente... De preferencia faça um com Pistache que fica uma delícia.


- E New Peitos, é bom você sair dessa posição em que está, além de ficar extremamente vulnerável ao ataque de gatinhos furiosos, o tridente pode acertar uma certa área redonda que não difere de homens e mulheres e que provavelmente dói em ambos.



Mwhahahahaha :




Pudiim <3, /o/
avatar
Iuajen
Guardian
Guardian

Masculino
Mensagens : 265
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Botan-chan em Qua Abr 22, 2015 5:14 pm


Não foi nem preciso o aviso da Holandesa para que o(??) loiro(??) se levantasse ainda em chibi mode e ajeitasse as roupas incomodado pelo papel ridículo que estava - novamente - fazendo. Ele nunca fora o panaca do grupo nem quando tinha seus 6 anos de idade, então por que o faria agora, com um bando de mulheres estranhas e um cara com pompom na bunda? O idiota zoado tinha que ser o pompom boy, porra, não ele!

E pra piorar, além de ter o cérebro bugado pensando se era um garoto ou uma garota, ainda tinha que ouvir o barraquinho da Lune com a Lissandra? Sério isso, produção? Tudo bem que Lune falou umas boas verdades porque sim, a outra maluca lá estava precisando urgentemente descer do salto e parar de agir como se fosse a rainha do mundo, mas ainda assim as duas estavam é atrapalhando o maldito treino que, aliás, por que não tinha começado mesmo?

- Escuta aqui, caralho! - Meio que se meteu no meio das duas quase enfiando os peitos na cara delas(?) enquanto gesticulava pra separá-las, com uma expressão bem irritada - Nós estamos aqui pra treinar, porra! Concordo muito com você, Lune, sobre algumas coisas, mas é muito melhor ignorar essas coisas por enquanto, pelo menos no treino! Acha que ficar discutindo vai nos ajudar em alguma coisa? Aliás, acha que o nanico ali vai ter paciência pra ficar ouvindo briguinha sendo que é muito mais fácil largar vocês duas pro quinto dos infernos? Acorda, cacete! - Deu um peteleco de leve na cabeça da mais baixa, antes de se virar pra Casus e, depois, para o ruivo - Tá, o que falta pra começar? Que eu saiba estão todos transformados, ou...

Olhou para Danbi vegetando de novo e xingou um palavrão em alto e bom som. Cara. Se isso era só o começo da treta... Alguém lá de cima devia ter apontado pra ele dizendo "você vai se foder" e se divertindo às custas  de suas frustrações pra segurar briga/ virar babá/ ganhar peitos. Pro. Inferno.

- E você? Não sei se notou, mas a gente já pode se transformar - Estalou os dedos à frente do rosto da coreana - Ou quer ficar parada aí até que aconteça o pior? A gente tem que agir como um grupo agora se  não quisermos virar picadinho, então se não tiver sincronia não adianta de nada. Isso serve pra vocês duas também, viu, madames?



Sensualizo como ninguém!!!!!!!!!!!!! *dancinha*
avatar
Botan-chan
Medium
Medium

Feminino
Mensagens : 1794
Idade : 24
Localização : Terra dos Unicórnios

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Ai-chan em Dom Maio 17, 2015 5:28 pm

O ruivo estava ainda sentado no chão, parecia rabiscar algo na areia até sentir alguém se aproximando. Seus olhos ergueram brevemente, encarando Lunevoir. Ouviu o que ela dizia sem demonstrar nenhuma emoção no rosto, então notou que ela tocara sua testa. O garoto recuou um pouco, sem entender o motivo dela querer passar aqueles sentimentos para ele. Alice franziu o cenho e estava prestes a dizer algo, até que ela gritou e saiu dali deixando-o com gotas escorrendo pela cabeça. Ela sussurrou algo que o fez ficar ainda mais confuso, Lunevoir por acaso não sabia o que era conversar?! Por que raios ele iria se abrir com uma desconhecida? Ainda mais uma desconhecida que o agarrou do nada. Ele suspirou pesadamente, largando o que estava fazendo e se concentrando nas transformações do grupo. Depois de refletir bastante, o ruivo chegou a conclusão que ficar emburrado naquela hora não ia servir de nada.

Casus e Alice olharam todos se transformando, nem mesmo o "Senhor Mal-Humor" conseguindo segurar um riso. Qual é, eles estavam fazendo o maior barulho só porque Syver tinha peitos. Talvez aquilo fosse o desejo profundo e escondido do loiro ou apenas uma zoeira do destino, só que não precisavam exagerar tanto.


- Eu não me transformo, Lune. Digamos que essa é a minha última forma, a mais poderosa que eu tenho. - sorriu calmamente, acenando para Alice enquanto o mesmo voltava a mexer no chão.

Logo, uma discussão começava entre Lunevoir e Lissandra. As duas pareciam bem agitadas, talvez por suas personalidades terem extremos que batiam uns nos outros? Ou talvez o contrário? Alice pensou em parar aquilo, mas a albina o olhou e ele entendeu que era melhor não.

- Lissandra, o treinamento não é só isso, claro. Vocês vão precisar... Hm... Aprender a lidar com suas emoções. - Casus ficou entre as duas garotas, afastando-as. - Lunevoir, você até pode tentar acabar com a Lissandra e vice-versa, mas vocês terão tempo para isso? Numa luta, você deve focar em seu inimigo, senão coisas ruins podem acontecer. Pense se o Alice desaparecer porque foi atacado e você estava ocupada demais brigando para ir socorrê-lo.


- Se acabaram com o bate-papo, acho que está na hora de começarmos. - ele se levantou, deixando no chão um desenho bem mal feito de um monstro. - Casus, se puder fazer isso logo...

A garota riu baixo e juntou as mãos, pequenos feixes de energia saindo por entre os dedos dela. As auréolas na cabeça da albina começaram a girar rapidamente, criando estática e soltando pequenos choques. Quando ela separou as mãos, a energia que a rodeava se tornou completamente negra e atingiu o desenho de Alice.

- Isso é o que vocês precisam destruir.

Uma criatura enorme saiu da areia, seu corpo era gosmento e preto, parecia feito de petróleo ou algo mais denso. Dava para ver duas pernas, dois braços e uma boca, porém o resto não tinha uma forma definida. A "criatura" soltou um rugido cheio de raiva e Casus saiu de perto, sentando numa duna próxima.

- As transformações devem ter aumentado as habilidades de vocês. Tentem atacar essa coisa, usem golpes de artes maciais ou sei lá. Se movam como quiserem, suas armas irão aparecer instantaneamente desse jeito. - o ruivo bloqueou um soco da criatura com a espada e saltou para trás, ficando a uma boa distância e dando chance para o grupo mostrar o que podia fazer.

Aqueles que tocassem o monstro, porém, teriam uma grande surpresa. Ao mínimo toque, uma sensação horrível tomaria seus corpos, causando mal-estar e tristeza. Assim como aconteceu com Alice e Lunevoir, imagens também tomariam suas cabeças, mostrando um homem sentado, chorando e com uma arma na mão, o corpo de uma criança deitada no chão e morta.


  Panda  Panda  Panda  Panda  Panda  Panda 

Spoiler:




Muito obrigada!! Eu amo vocês. ;;
avatar
Ai-chan
Ai-chan
Ai-chan

Feminino
Mensagens : 1616
Idade : 21
Localização : Underland yeah yeah~ \o\

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Ichigo em Ter Maio 26, 2015 8:45 am



Lunevoir escreveu:- Aloys! Aproveita que é páscoa, e bota uns ovos de chocolate pra gente... De preferencia faça um com Pistache que fica uma delícia.

Estava apenas prestando atenção nas conversas jogadas de um lado pro outro, como em jogo de ping pong onde a pessoa fica com uma cara de anta olhando de um lado para o outro, o que mais lhe deixava inconformado não era o fato de estar prestando atenção em conversa de mulher mas sim cada vez que mexia a cabeça sentia as orelhas balançarem.

Quando finalmente Casus se manifestou invocando o desenho infantil que virou uma bola gosmenta e nojenta gigante, teria que lutar com aquilo? Parecia humanamente impossível, mas não era mais humanos e até o Syver tinha ganho peitos, tudo era possível.

- A vida é boa, discussão é muito melhor mas o cambada bora derrubar essa bagaça bizarra que surgiu do chão? Ou está difícil? E Lunevoir tenho dois ovos prontinhos te esperando depois! - Deu um sorriso malicioso antes de tomar uma pose de defesa esticando o braço mentalizando uma arma, nessa altura do campeonato tinha medo de saber o que surgiria e novamente o destino lhe trollou mostrando um chicote com uma ponta de ferro. Não esperando o resto do povo já quis atacar com uma seria de acrobacias dignas de um 10 para ginástica rítmica enquanto tentava atacar com o chicote o monstro.
avatar
Ichigo
Guardian
Guardian

Feminino
Mensagens : 715
Idade : 23
Localização : Com meu hárem <3

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Botan-chan em Qua Maio 27, 2015 7:25 pm


Na boa, quando Casus se meteu entre Lissandra e Lunevoir, mais uma vez o mais alto pareceu ter ficado na merda porque nunca conseguia parar aquelas duas - por mais que dessa vez tenha simplesmente dado de ombros porque não, não estava inteligente o bastante pra bolar nenhum argumento - e saiu de perto com as mãos pra cima em sinal de rendição. Ok, querem se matar? Casus resolve; dane-se. Ia tentar parar de perder tempo tentando acalmar aquelas malucas.

Mais uma vez, Alice deu uma de impaciente e indicou um desenho pior que o de uma criança de 5 anos (Sério. Ele e sua irmã desenhavam bem melhor com essa idade e olha que não tinham dotes artísticos), o qual virou uma criatura absurdamente bizarra - digna de um monstro de filme de terror trash - que deviam combater. Oi? O primeiro adversário do grupo já estava nesse nível?

- Que legal, gostei dele - Apontou pro monstro ou seja lá que merda fosse aquela de leve, antes de tomar uma postura mais ofensiva, se concentrando, e pegar algumas knifes - Que adivinhem, não estavam ali antes? - presas em sua perna - Pera. De onde isso saiu? E tem até protetor~ - Piscou algumas vezes, mas antes que virasse purê de Syv, tratou logo de arremessar uma delas na direção de onde teoricamente ficariam os olhos da criatura. Mesmo que não tivesse nada lá.

Odiava não saber o que fazer, mas... Pensamento positivo! Aliás, se a criatura era gerada a partir de sentimentos ruins era só pensar em pôneis coloridos e arco íris que daria tudo certo, não é?!



Sensualizo como ninguém!!!!!!!!!!!!! *dancinha*
avatar
Botan-chan
Medium
Medium

Feminino
Mensagens : 1794
Idade : 24
Localização : Terra dos Unicórnios

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Alojamento

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum